A LAN anuncia as rotas que serão feitas pelos seus Boeings 787, a serem incorporados a partir do final de 2012

O Boeing 787 Dreamliner, moderna aeronave que será incorporada na frota da LAN a partir de final de 2012, revolucionará a indústria aérea, pois dispõe de tecnologia de última geração. Aterrissará pela primeira vez no Chile 27 de março e será uma das maiores atrações da Feira Internacional do Ar e do Espaço, FIDAE.

As rotas voadas pelos 787 serão, no começo, voos regionais para Argentina e o Peru e posteriormente serão iniciadas suas rotas de longo alcance para os Estados Unidos e a Europa.

A configuração da cabine nos aviões da LAN será de 217 assentos em classe econômica e 30 assentos para a classe Premium Business.

O Diretor Corporativo de Marketing da LAN, Pedro Margozzini, afirmou que "a incorporação deste novo avião no final deste ano reflete o compromisso da LAN em relação ao cuidado com nossos clientes e com o meio ambiente. É um avião que incorpora grandes benefícios para nossos passageiros em sua experiência de viagem, além de ser uma aeronave altamente eficiente em todos os aspectos, e ficamos orgulhosos em ser os primeiros na região a operá-lo".

A LAN na FIDAE

O stand da LAN para a feira é interativo, especialmente desenhado para que o público da FIDAE possa experimentar algumas das características que possui o novo modelo, como suas janelas, as quais contam com mais 40% de superfície do que as atuais e que são obscurecidas por meio de um sistema eletrônico.

A LAN será a primeira companhia aérea na América Latina, e uma das primeiras no mundo, em incorporar este avião, recebendo 32 Boeings 787 a partir do final de 2012 (nos primeiros 10 anos) em um dos maiores investimentos da sua história, US$ 3.500 milhões.

A experiência do passageiro no Boeing 787

Comprometidos com o cuidado com nossos clientes e com o meio ambiente, este avião possui:

-       Um desenho inovador, vanguardista e harmonioso.

-       Com um sistema eletrônico de obscurecimento das janelas e iluminação dinâmica, permite criar uma melhor ambientação luminosa.  Dessa maneira, o passageiro é preparado para as diferentes etapas durante o voo (dia, noite, etc.) e para o fuso horário em que estiver chegando.

-       Janelas maiores: as janelas do avião contam com mais 40% de superfície do que as atuais, fato que permitirá a todos os passageiros (de todas as filas) melhorarem a sua visibilidade durante o voo, com uma melhor vista.

-       Tem mais 30% de espaço para armazenagem de bagagem de mão.

-       A aerodinâmica e a tecnologia do Boeing 787 incorpora tecnologia que permite reduzir o impacto que o passageiro sente devido à turbulência. Além disso, a pressurização de sua cabine a uma altitude menor (6.000 pés ao invés de 8.000) tem como resultado uma redução das dores de cabeça ou outros sintomas que um passageiro pode experimentar no voo.

-       A cabine incorpora novas técnicas de umidificação do ar, diminuindo consideravelmente a fadiga e ressecamento, associados a viagens longas.

-       O passageiro poderá ter uma viagem muito mais prazerosa, graças à tecnologia dos seus motores que faz com que sejam mais silenciosos, tanto fora quanto dentro do avião.

Alguns benefícios meio ambientais do avião

-       Uma emissão até 20% menor de CO2 do que aviões similares (o B767 e o A340).

-       Até 40% menos de ruído do que aviões similares na decolagem, a etapa de mais ruído durante um voo.

-       50% da primeira estrutura é elaborada a base de um material composto de fibra de carbono, o qual está no primeiro lugar da indústria, pois este material é mais resistente à fadiga e à corrosão. Isto permite, além disso, que menos resíduos não recicláveis sejam produzidos no processo de manufatura.